Header Ads

Estava caminhando pela rua quando viu um cão estranho. Isso é de partir o coração…

Em momentos festivos como é o caso de uma copa, do final do ano, Natal ou Páscoa, as pessoas têm a tendência para cometer alguns excessos. Esses excessos muitas vezes não são só de bebida mas vão um pouco mais além e acabam mesmo por interferir com a integridade física de outras pessoas ou mesmo de animais.
A Copa Americana é um grande torneio de futebol na América Latina. O evento é sempre mais emocionante se o seu time favorito estiver com uma boa performance. Por vezes os fãs se excedem e fazem loucuras. Muitos são aqueles que acabam por ir passar a noite à cadeia, em vez de festejarem com seus amigos a vitória de seu clube.


Esse foi mais um caso de excessos! Um fã da Colômbia deu um passo maior do que deveria. Antes da Colômbia defrontar a Costa Rica, Fernando Villanueva, de Medellin, levou tinta tóxica e pintou um cachorrinho com as cores de sua bandeira: Amarelo, azul e vermelho.



Fernando, o homem de atos desmedidos, estava tão animado e orgulhoso que publicou uma foto no Facebook. Aparentemente o animal não partilhava da mesma excitação. A lei colombiana pune fortemente as pessoas que são cruéis para os animais e esse ato se classifica como crueldade.


Se somos adeptos de algum clube ou estamos torcendo pela nossa nação, nós podemos e devemos pintar as cores da bandeira em nosso próprio corpo.
Se você quer ver seu cachorrinho com as cores de sua bandeira você compra uma camisa nacional para seu animal de estimação!
Arruinar a vida de um animal não é direito de ninguém, é crime!
Compartilhe com seus amigos e familiares se você concorda.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.